Saúde mental e bem-estar no trabalho: como mantê-los?

Separamos aqui algumas dicas para que você tenha as ferramentas necessárias para manter a saúde mental e o bem-estar no trabalho

A pandemia acendeu um grande alerta sobre saúde e bem-estar no trabalho. Certamente este era um tema que cada vez mais pautava discussões recentemente, mas sua importância se tornou ainda mais evidente nos últimos dois anos.

E não à toa.

Afinal, foi quando o mundo precisou parar e priorizar o trabalho remoto — para quem tinha essa possibilidade, claro — para poupar vidas.

Mas não se tratou apenas de uma mudança de ambientes de trabalho.

As mudanças vieram acompanhadas de rotinas não-planejadas, estresse, preocupações com a própria saúde e a daqueles ao seu redor, além do medo de um vírus mortal.

O resultado? Burn out — o termo que ganhou o mundo nos últimos anos — e ansiedade são duas das respostas mais comuns.

Pode parecer premissa de filme catastrófico ou um texto muito “bad vibes” mas é a realidade que muitas trabalhadoras e muitos trabalhadores enfrentam, principalmente, desde 2020.

Apesar de estarmos passando por um momento de maior controle da pandemia e avanço no plano de vacinação nacional, não devemos nem podemos esquecer sobre isso.

É preciso pensar na saúde e bem-estar no trabalho, e vamos te ajudar nesta missão.

Confira abaixo os pontos que você deve avaliar em sua rotina profissional e as soluções que podem aprimorá-la.

Aqui, dividimos o assunto em dois principais focos: o primeiro traz dicas para você reforçar saúde e bem-estar no trabalho.

O segundo, porém, ressalta o protagonismo das empresas no estabelecimento de ambientes de trabalho saudáveis.

Afinal, nem tudo depende apenas de você.

Confira o resumo deste artigo:

  • Dicas para equilibrar saúde e bem-estar no trabalho
  • Saúde e bem-estar no trabalho presencial
  • Saúde e bem-estar no home office
  • Saúde e bem-estar em regime híbrido de trabalho
  • O papel das empresas no bem-estar e saúde de seus profissionais
  • Como as empresas podem tornar o ambiente de trabalho mais saudável?
  • Por que empresas devem se importar com saúde e bem-estar no trabalho?

Dicas para equilibrar saúde e bem-estar no trabalho

Como falamos na introdução do texto, a pandemia veio para mudar nossos parâmetros também no ambiente de trabalho.

Para se ter noção, um texto como este, há alguns anos atrás, certamente teria foco no trabalho externo. Mas como hoje vivemos um momento em que o trabalho remoto — o famoso home office — e o regime híbrido (home office + presencial) são a realidade de muitas pessoas, é preciso considerar todas essas formas de trabalho.

Para começar, então, vamos às dicas comuns ao trabalho presencial, remoto e híbrido:

  1. Planeje suas tarefas
  2. Faça pausas regulares
  3. Respeite seu corpo
  4. Invista em saúde e bem-estar para além do expediente

1) Planeje suas tarefas

O planejamento de tarefas é uma ótima forma de você se organizar para o trabalho — seja este um planejamento diário, semanal ou mensal.

Fato é que, quando você tem suas tarefas e um plano de execução determinados, você pode também ter maior facilidade de finalizar essas pendências.

Para cada pessoa isso pode funcionar de uma maneira diferente. Mas é interessante que, além de ter esse planejamento em sua mente, você consiga também visualizá-lo.

Vale colocá-los no papel, em um local de fácil visualização durante o expediente, ou até mesmo em anotações de dispositivos como celular e computador.

Assim, além de se lembrar do que você deve fazer naquele dia, semana ou mês, você pode acompanhar seu próprio progresso.

E esse último ponto é muito importante para que você também consiga reavaliar suas tarefas e prazos, caso necessário.

2) Faça pausas regulares

Independente do ambiente em que você trabalha, as pausas são de extrema importância para seu bem-estar ao longo do expediente.

Esses momentos podem ajudar no alívio de picos de estresse, causados pelas tarefas diárias. Assim, quando você retoma o trabalho, pode encontrar maior facilidade e tranquilidade para lidar com seus afazeres.

Você pode determinar horários para essas pausas, tornando estes momentos fixos ao longo das horas trabalhadas.

Obviamente, essa é uma possibilidade muito mais acessível para quem trabalha de forma remota.

Mas, para quem está em regime presencial, essas pausas podem coincidir com idas ao banheiro, por exemplo, ou até mesmo conversas rápidas com colegas de trabalho. O importante é que você tenha alguns minutos de leve distanciamento momentâneo em relação aos seus deveres.

As pausas podem ainda coincidir com um momento para alongar o corpo, já que boa parte dos trabalhos exigem que você passe muito tempo em uma só posição. Desta forma, você pode aliviar possíveis dores e incômodos físicos que podem te afetar não só em sua jornada de trabalho, mas para além dela.

3) Respeite seu corpo

Também é importante que você respeite seu corpo durante o expediente.

Isso quer dizer que você não deve negligenciar necessidades fisiológicas. Se você sentiu vontade de ir ao banheiro, não adie, vá. Se sente sede, bebe água, não deixe para depois.

Também não deixe de se alimentar.

E quando falamos de alimentação, falamos também de qualidade. É interessante evitar um cardápio daquelas opções rápidas que encontramos na rua, como fast foods, e investir em uma alimentação saudável.

Além disso, ainda sobre sua alimentação, uma boa opção é ter seus horários de almoço e lanche pré-determinados, caso seu regime de trabalho permita.

Assim, você pode evitar mal-estares causados pela falta de comida no organismo, além de auxiliar na manutenção de uma rotina geral durante o expediente.

4) Invista em saúde e bem-estar para além do expediente

Quando trabalhamos fora, é comum que toda a nossa rotina seja pensada em função de nossos horários de trabalho.

Nesses casos, nossos cuidados com saúde e bem-estar, podem estar presentes também nas atividades que antecedem e sucedem o expediente.

Uma opção interessante para cuidar tanto da saúde quanto do seu bem-estar psicológico é investir em uma rotina de exercícios — preferencialmente — antes  de iniciar sua jornada de trabalho.

Desta forma, você começa seu dia de trabalho com corpo e mente despertos, e o bom humor e animação provocados pela endorfina liberada durante atividades físicas.

Saúde e bem-estar no trabalho presencial

Se você é do time que continua comparecendo ao trabalho presencialmente, há dicas específicas que também podem te ajudar. Um exemplo bem atual disso é a série de cuidados com relação a pandemia.

É comum que nossas mentes fiquem mais agitadas, durante este período de crise sanitária. Afinal, temos, além das preocupações diárias, receios com relação a nossa própria saúde. 

Então, para evitar que essa seja uma preocupação a mais, se prepare. Carregue sempre com você, pelo menos, duas máscaras e tenha álcool em gel à mão

Outras situações que podem gerar ansiedade ou eventuais conflitos são: atrasos e comunicação falha. Para o primeiro caso, tente sempre sair de casa com alguns minutos a mais de antecedência.

Assim, mesmo eventuais atrasos de percurso podem não ser tão graves.

Já sobre a comunicação, lembre-se de manter diálogos objetivos, tornando sua ideia o mais compreensível possível, e evitando mal entendidos.  

Outro aspecto que pode ajudar diz respeito às relações que você mantém no ambiente de trabalho. Educação e respeito devem ser pilares de qualquer relacionamento, inclusive os profissionais.

Saúde e bem-estar no home office 

Se você é do time que trabalha de casa, já deve ter percebido que vida pessoal e profissional se misturam muito facilmente neste tipo de trabalho.

Por isso, a principal dica para quem está em home office — de forma fixa ou temporária —, é traçar um limite entre esses dois espaços.

E quando falamos sobre limites e espaços, podemos falar quase que literalmente.

É interessante, por exemplo, que você tenha uma espécie de estação de trabalho em um local separado dos movimentos da casa. Assim você tem menos chances de se distrair ou até mesmo misturar tarefas domésticas e suas funções de trabalho.

Uma dica para quem trabalha especificamente no próprio quarto: separe seu ambiente de dormir e seu ambiente de trabalho.

Isso porque quando você estiver em seu momento de relaxamento, seu corpo só entenderá que é hora de desacelerar, se não estiver em um espaço para o qual está programado para estar alerta.

Lembre-se que cuidar de saúde e bem-estar no trabalho, também inclui higiene do sono

Olhando o cenário de maneira realista, é importante reconhecer que, vez ou outra, pessoal e profissional vão sim acabar se esbarrando. Mas é preciso fixar mentalmente que o ideal é você se concentrar em uma coisa de cada vez

Vamos supor que você precise fazer o almoço durante seu horário de trabalho. Neste caso, uma boa opção é pausar o que está fazendo no trabalho para se dedicar unicamente ao almoço.

Desta forma, você consegue não só cozinhar mais rapidamente, como também fazer uma pausa, para retomar o trabalho com um novo ânimo.

E o mesmo vale para demais tarefas domésticas que precisam ser executadas durante seu horário de expediente. 

Saúde e bem-estar em regime híbrido de trabalho

O regime híbrido de trabalho é aquele em que colaboradores dividem seus trabalhos entre o ambiente de casa e da firma.

E naturalmente, para manter saúde e bem-estar nesta situação, você pode combinar as dicas de ambos os tópicos anteriores.

O grande desafio aqui é preparar a mente para se adaptar de forma rápida aos diferentes ambientes.

Isso porque, quando mudamos o espaço de trabalho, podemos levar algum tempo até nos acostumarmos, afetando até mesmo nossa capacidade de foco.

Então, uma dica para quem está revezando seus ambientes de trabalho é manter hábitos semelhantes em ambos os espaços.

Seja o horário de almoço, o momento das pausas ou carregar uma agenda com seus planejamentos. Desta forma, você se ajuda a entender que, independente do local, aquele é seu momento de trabalho.

Mas agora que já falamos bastante do que você pode fazer, vamos ampliar o diálogo? Qual é a responsabilidade das empresas e de empregadores quando o assunto é saúde e bem-estar de colaboradores?

Business professionals. Young handsome man looking at digital tablet while working with colleagues in the modern office. Business meeting. Team building concept

O papel das empresas na saúde e bem-estar de seus profissionais

Antes de qualquer coisa, é preciso entender que as empresas e corporações exercem um papel de grande importância quando o assunto é saúde e bem-estar no trabalho.

Afinal, o ambiente de trabalho oferecido por essas organizações pode ser determinante para o estado mental de seus colaboradores.

Em entrevista à Folha SP, a professora de psicologia do trabalho da PUC-SP Renata Paparelli ressaltou que é importante entender que grande parte dos transtornos psíquicos surgem justamente em decorrência do trabalho.

E essas questões podem ter origem em fatores como insegurança e excesso de atividade.

Então, cabe aos empregadores a missão inicial de estabelecer um ambiente de trabalho que seja seguro e saudável.

Desta forma, as consequências negativas no bem-estar dos colaboradores podem ser menos frequentes ou de resolução mais acessível para ambos os lados.

Mas como essas empresas podem tornar o ambiente de trabalho mais saudável?

As respostas são diversas e abrangem diferentes tipos de companhias — indo das menores e independentes até as multinacionais.

Em empresas de grande porte, por exemplo, é possível a inclusão de programas voltados para assistência psicológica. De acordo com a Folha SP, a demanda vem crescendo entre as companhias de forma que planos de saúde estão criando programas de saúde mental específicos para as empresas.

Além disso, outras alternativas interessantes para um dia a dia corporativo menos massivo incluem pausas para ginástica laboral e até mesmo meditação.

As empresas menores — assim como as demais —, por sua vez, podem investir em ações como campanhas de conscientização. Além disso, é importante também manter um canal de diálogo aberto, tornando a comunicação uma forma de evitar e resolver possíveis problemas.

O diálogo aberto pode auxiliar ainda através de avaliações de produção.

E quando falamos sobre isso, não se trata de apontar quem produz mais ou menos.

O importante é mapear a qualidade da contribuição de colaboradores da empresa, mostrar reconhecimento, para o caso de resultados positivos, e oferecer orientação, para os casos negativos.

Mas é preciso reconhecer também o mercado de trabalho brasileiro e suas realidades.

E para que as empresas façam sua parte, é necessário conscientizar também a elas sobre a importância de saúde e bem-estar no trabalho. 

Por que empresas devem se importar com saúde e bem-estar no trabalho?

Não é à toa que uma empresa contrata seus colaboradores, certo?

Processos seletivos, entrevistas… Essas são formas de identificar o potencial de candidatas e candidatos. Mas nada disso aflora e se desenvolve bem e de forma duradoura em um ambiente de trabalho tóxico.

Além disso, voltando o olhar para o principal objetivo das empresas — a produtividade — também é possível entender o porquê elas devem se importar.

Afinal, alguém que enfrenta problemas de saúde física e mental devido ao trabalho que executa, significa produtividade comprometida. 

Ou seja, um espaço de trabalho saudável evita faltas por possíveis problemas de saúde, além de incentivar o trabalho de colaboradores — que se sentem valorizados, nestes ambientes.


A gente sempre tem coisas legais pra te contar!

  1. Descontos exclusivos para nossa lista de emails.
  2. Enviamos conteúdos informativos.
  3. Novidades sobre nossos produtos e promoções.
  4. Enviamos poucos emails.
  5. Você pode sair da lista a qualquer momento.
  6. Respeitamos sua privacidade: não rastreamos seu email.

Cadastrar

Banner App Arimo
Banner Pinterest Arimo
Banner Instagram Arimo

Utilizamos cookies para o funcionamento de nossa loja online. Também utilizamos cookies de terceiros para personalização de experiências de anúncios nas plataformas deles.