Exercícios físicos para fazer durante a quarentena

Praticar exercícios físicos durante a quarentena é a melhor forma de manter-se saudável e ativo, mesmo quando a recomendação é permanecermos em casa

O papo é reto: não saia de casa.

Mesmo quando a intenção é boa, a recomendação das autoridades de saúde permanece a mesma: evite sair de casa, ainda que seja somente para fazer atividade física, sozinho.

Mas por que tanto rigor?

A resposta é simples. Você pode ser muito saudável, mas se encontrar alguma pessoa infectada na rua por Covid-19, pode ser contaminado.

Além disso, se exercitar na rua também pode estar associado a um outro comportamento que deve ser evitado a qualquer custo: a aglomeração social.

Assim, evitar sair, ainda que seja apenas para fazer atividade física, não pode ser uma prática adotada como saudável atualmente.

Isso porque, o simples ato de sair pode, indiretamente, incentivar que outras pessoas também o façam.

O mesmo vale para as áreas sociais de condomínios, como quadras, academias ou piscinas, uma vez que momentos de aglomeração podem surgir novamente.

O que podemos fazer dentro de nossas casas para nos exercitarmos?

Algumas práticas podem ser adotadas para mantermos tanto o corpo quanto a mente saudáveis nesse período e sem que precisemos, sequer, sair de dentro de nossas casas ou condomínios.

Conheça algumas práticas que você pode desenvolver em casa para se manter saudável e ativo nessa qurentena!

1 – Suba e desça as escadas

Esse é um exercício aeróbico que pode fazer a diferença para quem gosta de se movimentar com mais intensidade.

Se a recomendação é não sair de casa, que tal apostar nas escadas do prédio, do condomínio ou mesmo de casa para poder movimentar o corpo?

Subindo e descendo escadas você faz um treino de bastante intensidade, sem se expôr à grandes aglomerações.

De quebra, ainda fortalece suas pernas e glúteos, toda a musculatura pélvica e ainda faz um treino de equilíbrio.

Para realizar essa atividade, basta calçar um par de tênis e encarar as escadas!

2 – Pule corda

Pular corda é uma atividade cardiovascular que exige quase nenhum preparo físico e pode ser divertida para todas as pessoas, independente da idade.

Você pode pular corda sozinho ou mesmo em trio. Basta ter um espacinho a mais em sua sala e abusar dos pulos.

Com esse exercício você pode fortalecer suas articulações, pode queimar calorias e ainda melhorar sua tonificação muscular.

3 – Faça exercícios de agachamento

São fáceis e não exigem nenhum tipo de equipamento.

Você pode fazer agachamentos de diversos tipos e adaptá-los a diferentes idades, para colocar em movimento toda a família.

Três séries de dez agachamentos já pode fazer muito pela sua saúde!

Quer variar? Utilize também um tonificador de pernas para melhorar, ainda mais, a tonicidade muscular!

4 – Alongue seu corpo

Alongamento não é, há muito tempo, uma atividade que pode ser considerada chata.

Hoje, utilizando bolas, você pode variar sua sequência de exercícios, alongando também a musculatura paravertebral, responsável por manter sua boa postura.

Com elas, também é possível realizar o fortalecimento abdominal, o que também é responsável por acabar com dores nas costas, que podem surgir nesse período de menor movimentação, sobretudo para idosos.

Utilizando blocos, também é possível alongar panturrilhas e ainda ter um apoio extra na hora de realizar exercícios de solo.

Exercícios em casa podem ser a chave para a saúde das pessoas em grupos de risco

Se você tem diabetes, é hipertenso ou sofre de algum outro problema de saúde, saiba: a atividade física regular pode ser muito benéfica para a manutenção da sua saúde.

Como pessoas com essas comorbidades estão localizadas naquilo que foi chamado de grupo de risco para a Covid-19, ter hábitos saudáveis ainda que dentro de casa é essencial para que as doenças não atinjam pontos críticos.

Além disso, a atividade física também contribui com o aumento e melhora da imunidade.

Assim, se exercitar, ainda que seja essencial em todas as fases da vida, pode ser ainda mais necessário entre as pessoas que, por conta das doenças associadas, podem ter um risco aumentado em relação à Covid-19.

Entre os idosos o exercício físico deve ser ainda mais incentivado

Embora seja natural para a idade o enfraquecimento gradual de músculos e de ossos, esse fenômeno pode ser atrasado ou até mesmo revertido quando praticamos atividades físicas de forma regular.

Ainda que estejamos, nesse momento, enfrentando uma pandemia e, por conta dela, mais reclusos, nada serve como desculpa: atividade física pode e deve ser feita, ainda que dentro de casa.

Entre os idosos, exercícios físicos não só devem ser incentivados como, preferencialmente, praticados em conjunto.

Assim, há não só mais motivação como acompanhamento da atividade física, tornando-a mais segura para o grupo.

Aposte em alongamentos, exercícios de força e fique sempre atento com impactos acentuados e com atividades que requeiram maior equilíbrio, mas não deixe de incentivar práticas de atividades físicas.

Elas podem, sem dúvida, ser a diferença entre o adoecimento e a boa saúde!


A gente sempre tem coisas legais pra te contar!

  1. Receba um cupom de 5% de desconto ao se cadastrar.
  2. Enviamos conteúdos informativos.
  3. Novidades sobre nossos produtos e promoções.
  4. Enviamos poucos emails.
  5. Você pode sair da lista a qualquer momento.
  6. Respeitamos sua privacidade: não rastreamos seu email.

Receber

Utilizamos cookies para o funcionamento de nossa loja online. Também utilizamos cookies de terceiros para personalização de experiências de anúncios nas plataformas deles.