Acessórios para yoga: 5 opções para acompanhar sua prática

Prepare-se para conhecer mais sobre os acessórios para yoga: blocos, rolos, roda e toalha de yoga e cinto de alongamento.


Para inserir o yoga em sua vida não é preciso muita coisa além de vontade e iniciativa.

Mas os acessórios para yoga definitivamente podem ajudar a tornar essa prática mais confortável e acessível para muitas pessoas.

E isso não se aplica apenas aos iniciantes no yoga, que podem, por exemplo, implementar sua flexibilidade utilizando blocos de yoga.

Praticantes de diversos níveis se beneficiam desses suportes, que também podem assumir papéis diferentes, dependendo da modalidade de yoga.

Seja para tornar a prática mais segura — o que pode depender até do material que o acessório é feito — ou diminuir alguma limitação de mobilidade: os acessórios para yoga são ótimos acompanhantes ao longo da prática.

E este guia informativo te mostrará exatamente isso.

Está na dúvida sobre qual ou quais acessórios adquirir? Não sabe qual a funcionalidade de cada um deles e os benefícios que podem oferecer?

Então você veio ao lugar certo para encontrar suas respostas.

Já adiantamos que você ainda verá aqui que alguns acessórios para yoga dividem semelhanças e benefícios.

E te certificamos que perceberá também que cada um deles tem sua particularidade e pode te servir de uma maneira diferente.

Siga com a gente e saiba mais sobre:

  • Blocos de yoga
  • Rolo
  • Roda de yoga
  • Toalha para yoga
  • Cinto de alongamento

Blocos de yoga: implementando flexibilidade e acessibilidade

Os blocos de yoga são tão interessantes que já protagonizaram um texto só deles aqui no blog.

E te contamos os motivos por trás disso.

Essencialmente, os blocos de yoga funcionam como facilitadores de posturas (asanas), ou seja, eles te ajudam a executar e manter as posições do yoga.

Isso acontece porque, ao utilizá-los, você consegue melhorar sua flexibilidade para movimentos e posturas.

Por essa característica, os blocos de yoga ajudam ainda a incluir na prática pessoas que tenham algum tipo de limitação de mobilidade.

Além disso, eles também são muito visados por iniciantes, que normalmente enfrentam algumas dificuldades ao começar no yoga.

Se você tem interesse em adquirir um ou mais blocos, vale levar em consideração alguns pontos. A começar pela matéria-prima do acessório.

Se você busca algo ecologicamente amigável, a melhor opção pode ser o de cortiça.  Aqui na Arimo, temos o Eco Bloco Yoga Cortiça da Arimo, por exemplo, que é feito de material retirado do Sobreiro, uma árvore que tem poder de autorregeneração natural.

Além da qualidade ecológica, este bloco de cortiça é:

  1. antiderrapantes
  2. antimicrobiano
  3. antibacteriano

Mas existem ainda outros tipos de blocos de yoga.

Os que são feitos de EVA contam com a leveza do acessório a seu favor, apesar de não ser um material biodegradável.

Criados na década de 70, os blocos de madeira são os originais. Eles podem ser uma boa opção para quem não precisa transportar o acessório, já que são os mais pesados.

Para saber mais sobre os blocos de yoga, não esqueça de conferir nossa postagem!

Rolo: liberando tensões e melhorando posturas

Apesar de usados como acessórios para yoga, os rolos não são exclusivos da prática.

Na verdade, este é um suporte que pode ser indicado para automassagem e liberação de tensão muscular tanto para o pré quanto para o pós de qualquer atividade física.

Mas especialmente para o pós, já que pode ajudar a relaxar pontos tencionados ao longo do exercício, e evitar dores posteriores.

Como utilizar os rolos no yoga?

No yoga, você também pode utilizar os rolos da forma descrita acima. Mas a usabilidade ganha outros contornos com a prática.

O acessório serve tanto para melhorar sua postura na execução dos asanas, como funciona também como uma ferramenta para aliviar dores.

O yoga restaurativo, por exemplo, é uma modalidade na qual o rolo se encaixa perfeitamente.

Isso porque a prática visa o relaxamento corporal, mental e emocional através da utilização de acessórios, e da fixação de posturas por um tempo mais longo.

Então, no yoga restaurativo você pode utilizar os rolos para sustentar alguma parte de seu corpo que precisa estar suspensa durante esses minutos da postura.

Para aliviar dores, os rolos são utilizados em asanas específicos do yoga.

Este é o caso da postura da ponte (ou Setu Bandha Sarvangasana), executada com o acessório para aliviar dores na lombar.

Apesar do vídeo abaixo estar em inglês, a imagem pode ser bem autoexplicativa.

A postura é a da ponte, e une as ideias do yoga restaurativo e a do alívio da dor.

Para que a execução desta pose cumpra seu propósito, é necessário que você deite sobre o tapete, flexionando os joelhos de forma que eles fiquem apontando para cima, e seus pés estejam em total contato com o tapete.

Então, você eleva os quadris e posiciona o rolo abaixo do cóccix. Os ombros e braços também devem ficar colados ao chão, e você deve manter a posição por alguns minutos.

Os alongamentos também entram para a lista de utilidades dos rolos no yoga.

Vale tentar a postura do gato (Marjaryasana) usando o rolo como um apoio para as mãos, e até a postura da criança (balasana), rolando o acessório com as mãos.

Se você se interessou, na loja da Arimo você encontra o Arimo Eco Rolo Yoga Cortiça, um acessório ecologicamente amigável, resistente e antiderrapante.

Roda de yoga

A roda de yoga é um dos mais recentes acessórios para yoga.

Segundo o portal Boa Forma, ele foi criado há cerca de seis anos apenas. Mas desde então, vem ganhando popularidade não só no yoga, mas em diversas rotinas de atividades físicas, e conquistando cada vez mais adeptos.

Normalmente utilizada no yoga e no pilates, a roda, assim como o rolo, também é indicado para exercícios que visam o alívio das dores. Especialmente as dores nas costas.

E isso porque o acessório foi desenvolvido com base no contorno da coluna vertebral, como aponta o portal.

Apesar de novo, o acessório já está disponível na loja da Arimo. A Arimo Eco Roda de Cortiça para Yoga apresenta a mesma qualidade ecologicamente amigável dos blocos e rolos da marca.

E ela é indicada para treinamentos de alongamento de costas e peitoral, com o intuito de potencializar os resultados do exercício.

Mas como essa utilização acontece na prática?

O vídeo abaixo também está em inglês, mas mostra um alongamento realizado com roda de yoga através da postura do peixe (Matsyasana).

Sentando-se sobre o seu tapete, você manterá os pés completamente colados ao chão e os joelhos flexionados.

A roda deve ficar atrás de você, para que você possa reclinar o corpo até que a região superior das suas costas estejam apoiadas sobre o acessório.

As mãos podem ficar entrelaçadas atrás da sua cabeça.

Desta forma, você poderá sentir melhor o efeito da roda entre seus ombros, quando você inclinar mais o corpo na direção do acessório. E você deve fazê-lo até que suas mãos encostem na roda, para só então retornar à posição inicial.

O exercício é quase como um abdominal sentado, mas ao invés de focar do abdômen, essa atividade visa alongar a parte superior das suas costas.

Toalha para yoga

A toalha para yoga também já apareceu aqui no blog não apenas uma, mas duas vezes.

A primeira delas em uma postagem exclusivamente sobre as toalhas, e a segunda vez em um texto sobre tapetes de yoga.

Neste segundo caso, você pode se perguntar: mas o que a toalha para yoga tem a ver com tapetes? E esta é uma resposta simples: essa é uma dupla frequente para muitos praticantes.

Isso porque a toalha pode funcionar como um complemento para o tapete. Quando utilizados juntos, ela promove:

  1. maior conforto na hora da prática
  2. absorção do suor, mantendo o tapete limpo
  3. estabilidade para superfícies irregulares, como a areia da praia

Além disso, há também quem utilize a toalha para yoga como o próprio tapete, muitas vezes de forma provisória.

Cinto de alongamento

Um dos acessórios para yoga que pode ser de grande ajuda, especialmente para quem encontra dificuldades em manter algumas posturas, é o cinto de alongamento.

Este é um suporte que permite maior acessibilidade e alinhamento nos asanas, se traduzindo em uma qualidade diferenciada para a prática de yoga.

O fator acessibilidade se dá porque, com o cinto, você consegue executar posturas que você ou não consegue ou tem dificuldades para realizar.

Já o alinhamento ocorre porque o acessório impede que suas costas se curvem, naquele movimento tão natural, para alguns praticantes.

Com o cinto, suas costas sempre estarão com o alinhamento correto para a postura.

Por fim: a qualidade da sua prática.

Diante dos benefícios citados anteriormente, você consegue não apenas aprimorar sua atividade no yoga, como também perceber seus avanços. E, consequentemente, você ganha maior noção corporal para seus exercícios.

Um outro ponto interessante, é que não há muita limitação com relação a quem pode usar.

Esses cintos de alongamento são acessórios ajustáveis, e essa característica permite que ele se adapte a qualquer praticante de yoga, independente do nível de prática em que a pessoa se encontra.

No vídeo abaixo, você pode ver uma explicação detalhada sobre a utilização do cinto, apresentada pela instrutora Grace.

E uma explicação essencial que ela oferece é sobre a atenção que você deve ter para não preparar o acessório com sua faixa torcida.

Para isso, você deve pegar em uma das pontas do cinto e, segurando-a, passar a mão por toda a extensão do acessório. Assim você evita justamente fechá-lo com a faixa enrolada.

Como usar o cinto de alongamento na prática?

O vídeo mostra também a execução da postura para meditação (sukhasana) e da postura do barco (navasana).

E através dele você pode ver a diferença que o cinto pode exercer na sua prática.

Ao envolver seu corpo com o cinto, na postura para a meditação, a faixa deve ficar apoiada no alto ou meio das suas costas, enquanto a outra parte deve se fechar em torno da sua canela, um pouco abaixo dos joelhos.

E você precisa ajustar o cinto para que, nesta posição, o apoio de suas pernas sobre a corda puxem as suas costas para frente.

E o que você ganha com isso?

Um alinhamento ideal para a postura (sem costas curvadas!), e, consequentemente, um melhor alongamento e uma prática mais profunda.

Esses são os principais benefícios da utilização do cinto de alongamento.

E se você adquirí-lo, perceberá que se aplica não apenas ao sukhasana, mas a qualquer asana em que o cinto se encaixar.

O que podemos adiantar é que esses asanas não são poucos, e até mesmo a clássica flexão para a frente sentada pode ser aprimorada com a utilização de um cinto de alongamento.


Para concluir!

Esperamos que ao final deste texto, você já esteja considerando quais acessórios adquirir.

Então não esqueça de conferir a loja da Arimo para encontrar tapetes, toalhas, rolos, rodas e blocos de yoga de alta qualidade e que não agridem o meio ambiente.

Lembre-se que os acessórios para yoga são suportes para a prática, mas não são estritamente necessários para que você se exercite.

Eles atuam de forma a melhorar sua performance, permitir que você alcance o melhor do seu potencial e promover conforto e alívio de dores antes, durante e depois da prática.

E se você sentir alguma dor muito forte ao utilizar qualquer um desses suportes, entre em contato com sua instrutora ou seu instrutor.


A gente sempre tem coisas legais pra te contar!

  1. Descontos exclusivos para nossa lista de emails.
  2. Enviamos conteúdos informativos.
  3. Novidades sobre nossos produtos e promoções.
  4. Enviamos poucos emails.
  5. Você pode sair da lista a qualquer momento.
  6. Respeitamos sua privacidade: não rastreamos seu email.

Cadastrar

Utilizamos cookies para o funcionamento de nossa loja online. Também utilizamos cookies de terceiros para personalização de experiências de anúncios nas plataformas deles.