Yoga com animais: tudo que você precisa saber sobre essas práticas

Você sabia que é possível praticar yoga com animais? Neste post detalhamos para você curiosidades sobre essa atividade inusitada.


Você provavelmente já viu vídeos como este abaixo, onde animaizinhos se juntam a suas donas e seus donos durante o yoga — seja para intervir na atividade ou apenas assistir a ela. Mas você já pensou na possibilidade de esses pets se tornarem uma parte essencial de uma prática de yoga?

Independente da sua resposta para essa pergunta, saiba que isso já é uma realidade! E o que era um conteúdo divertido e viral na internet já se desdobrou em não apenas uma, mas algumas modalidades de yoga.

E para que você conheça esses tipos de atividade, hoje te contaremos um pouco mais sobre o universo do yoga com pets!

Confira abaixo o resumo desse artigo dividido por tópicos:

  • Yoga com animais: o que é?
  • Particularidades: como funciona o yoga com animais?
  • Yoga na presença de animais
  • Na presença de quais animais podemos praticar?
  • Yoga com animais: a prática em conjunto
  • Quero praticar yoga com animais: onde posso fazer isso?
  • Pratique yoga com animais e responsabilidade

Então pega o tapete de yoga, chama seu bichinho e vamos lá!

Yoga com animais: o que é?

Bom, não é nada muito misterioso.

Como o próprio nome já dá a entender, o yoga com animais é simplesmente a adaptação da prática para incluir animais dentro da atividade.

Desta forma, o momento que é de tranquilidade e harmonia para você, pode também ser um momento de diversão e companhia para o seu bichinho.

Mas se você não tem um pet, e essa ideia de yoga com animais também te interessou, não se preocupe.

Mais abaixo no texto você poderá conferir como buscar aulas que te ofereçam esse tipo de experiência.Mas, antes disso, é importante falar sobre a forma como o yoga com animais busca trabalhar a mente, o corpo e o espírito.

Como funciona o yoga com animais?

Assim como as demais modalidades, o yoga com animais deve incluir asanas e poderá contar também com outras técnicas como pranayamas, meditação, mantras, etc.

Mas o principal diferencial deste tipo de atividade está na adaptação pela qual a prática passa.

Isso porque, com a participação dos animais, a realização dessas técnicas certamente será impactada.

Não é muito difícil de entender. Animais, quando percebem movimentações nos humanos, frequentemente encaram aquilo como uma oportunidade de interação. E é exatamente isso que eles podem fazer.

Uma hora ou outra, enquanto você realiza a postura da criança ou qualquer outra pose do yoga, os animais vão interagir com você.

Quando isso acontecer, será necessário que você faça ajustes na postura que realiza. Para que você consiga visualizar melhor, vamos considerar o seguinte exemplo.

Um animalzinho sobe em você enquanto você executa a postura da criança. Neste caso, talvez você precise realinhar seu corpo, para que ele não caia. Consegue entender?

Mas esse não é o único tipo de adaptação de técnicas para praticar yoga com animais. Há também casos em que algumas poses e até mesmo aulas inteiras são adaptadas para que os próprios bichinhos as executem junto dos humanos.

Mas detalharemos sobre esse tipo de prática mais para frente.

Por enquanto vamos lembrar que, o yoga com animais pode ser:

  • Uma prática em que humanos realizam na presença desses bichinhos
  • Uma prática em que humanos e pets realizam juntos as posturas

Mas algo que podemos adiantar é que  o funcionamento de ambos os tipos é altamente diverso.

Isso porque o resultado da prática pode depender do animal em questão e da forma como o bichinho participa e interage ao longo da aula.

Conexão interior x Conexão com a natureza

Agora, vamos considerar algo muito importante.

Essa questão das interações entre animal e humano pode acabar esbarrando na questão da introspecção — uma característica comumente relacionada ao yoga. Como um outro ser é uma presença ativa durante a sua prática, o ato de olhar para dentro pode não ser a mesma coisa, se comparado com a prática tradicional.

Por outro lado, o que você pode não alcançar em conexão consigo mesmo, pode atingir em conexão com a natureza.

E isso de uma forma muito direta, assim como quando você pratica ao ar livre, por exemplo.

É importante lembrar que o yoga é também um momento de se conectar com o universo. E o yoga com animais oferece essa experiência de uma forma completamente atípica, mas extremamente proveitosa para praticantes — humanos e animais. 

Se a ideia de perder um pouco dessa conexão consigo mesmo te incomoda, uma solução é balancear os tipos de prática.

É interessante que você converse com quem te orienta no yoga, para elaborar um plano que inclua o yoga com animais, além de sessões sem os bichinhos.

Então, duas das principais características que pautam a prática de yoga com animais são:

  • Adaptação de posturas
  • Conexão com a natureza
woman practice yoga with dog pug breed enjoy and relax with yoga in bedroom,Recreation with Dog Concept

Yoga na presença de animais

Como já ressaltamos, quando o assunto é yoga com animais, existem duas formas de prática.

A primeira delas é o yoga na presença de animais e a segunda é o yoga realizado em conjunto com os animais. Mas inicialmente vamos focar no primeiro caso.

O yoga na presença de animais é nada mais que uma aula em que os bichinhos são parte do ambiente da prática. A ideia é que a presença deles ali torne o clima mais alegre, trazendo calmaria e diversão para a aula.

Mas não só isso, de acordo com artigo publicado no portal da Escola de Medicina de Harvard.

A publicação afirma que a interação com animais, no geral, “pode ter impactos imediatos e duradouros no bem-estar mental.”

Então, uma aula de yoga que traz essa interação traz também uma energia diferenciada e, de quebra,  pode ajudar a aliviar possíveis sofrimentos mentais nos humanos.

Na presença de quais animais podemos praticar?

Se os animaizinhos podem proporcionar um bem tão grande para praticantes em aulas de yoga, a reciprocidade é essencial.

Então, é sempre importante ter atenção para o tipo de animal que você traz para a sua prática, para que eles não passem por situações de estresse.

O yoga pode ajudar os pets a se acalmarem, assim como faz com os animais.

Mas de nada adianta praticar com um bichinho que não se sente confortável com interações com humanos, no geral, por exemplo.

Por isso, os casos mais comuns de yoga na presença de animais será com aqueles pets mais tradicionais para a maioria de nós: os gatos e os cachorros. Mas engana-se quem acredita que esses são os únicos que se beneficiam do yoga.

Um exemplo disso é o Goat yoga — do inglês, yoga com cabra.

É isso mesmo que você leu.

Em algum lugar do mundo — mais especificamente no Oregon, EUA — se iniciou um movimento de prática de yoga realizada na companhia de cabras e mini-cabras. E o sucesso foi tanto que, segundo reportagem da CNN, em 2017, a aula chegou a ter uma lista de espera de 1,2 mil pessoas.

Desde então, a modalidade atípica do yoga com cabras se espalhou por diversas fazendas mundo afora, inspirando práticas com essa mesma lógica e ambiente, mas diferentes animais.

Hoje em dia há aulas de yoga que podem ser realizadas até mesmo ao lado de porcos.

Então, as possibilidades são realmente amplas.

Muitos bichinhos podem estar presentes em aulas de yoga. Mas o essencial é sempre respeitar seus limites e não submetê-los a situações de estresse — além do óbvio: não explorá-los.

Yoga com animais: a prática em conjunto

O caso do yoga que é praticado em conjunto com animais, por sua vez, pode não ser tão comum de incluir uma grande diversidade de animais.

Isso porque esse tipo de aula requer que você e o bichinho realizem posturas juntos, e que você oriente as movimentações dele também.

E, vale lembrar, que nem todos os animais se sentem confortáveis com esse tipo de interação.

O fato de você determinar quais movimentos os bichinhos farão e em que momento devem fazer, pode tornar o momento estressante para ambos. Além disso, a reação do animal pode não ser positiva.

Por esses motivos, quando você pesquisa sobre esse tipo de yoga com animais, os resultados mais comuns são aulas de yoga com cachorros e gatos. E até mais comuns com cachorros do que gatos, visto que felinos tem toda uma identidade mais independente e autônoma.

No caso do yoga com cachorros, existe uma modalidade que recebe até nome: o Dog yoga — do inglês, Yoga com cachorro.

É neste tipo de atividade que, como falamos ali em cima, ocorrem as adaptações de posturas para que humano e pet se movimentem em sintonia.

Para você visualizar melhor, vamos utilizar o exemplo do savasana — ou a postura do cadáver.

Nesta pose, você deve se deitar com as costas no tapete, com braços e pernas levemente afastados, e palmas das mãos viradas para cima. Mas quando é seu cachorrinho realizando essa pose, você deve deitá-lo também de barriga para cima e acariciar a região exposta.

Esse é um carinho já adorado por muitos cachorros, então o momento se torna ainda mais agradável para eles.

Apesar do vídeo abaixo estar em inglês, confira para entender como a prática pode ser levada. Além disso, fica evidente também o ambiente de relaxamento que é criado para você e seu cachorro.

Quero praticar yoga com animais: onde posso fazer isso?

As aulas de yoga com animais podem não ser muito comuns em estúdios e academias, mas vale a pena pesquisar em locais próximos à você.

Outra opção interessante é apresentar para esses espaços a ideia de aulas — pontuais ou não — deste tipo de atividade.

Ao invés dos ambientes coletivos, o yoga com animais é muito mais comum em práticas individuais. Por isso também, é mais fácil que você encontre praticantes dessa modalidade que realizam o yoga com seu pet em casa.

Esse é um ambiente até mesmo favorável para esse tipo de modalidade, considerando que se trata de um espaço com o qual o animal já está familiarizado.

Até porque, alguns pets, como cachorro — não todos, vale notar —, podem até curtir a ideia de passeios externos, de novos espaços. Mas outros pets, como gatos, podem apresentar resistência diante desta ideia.

Outra opção é buscar espaços especializados, como as fazendas que vimos que oferecem a atividade nos EUA.

Por aqui, no Brasil, você pode ter maior dificuldade em achar esses locais, mas não é completamente impossível.

No vídeo abaixo, por exemplo, você pode conferir que uma aula com gatos é oferecida em um café com a temática toda voltada para os felinos.

Pratique yoga com animais e responsabilidade

Se você optar por uma prática coletiva de yoga com animais, é necessário sempre ter atenção sobre o tratamento desses bichinhos.

É importante lembrar que animais são vidas tão preciosas quanto qualquer outra neste universo, e, portanto, merecem respeito. 

A prática de exploração animal vem em diferentes formas, incluindo as atividades que parecem mais inofensivas. Então, além de buscar a alegria e tranquilidade que o yoga com animais pode proporcionar, não deixe de ter um olhar crítico sobre o espaço e at atividade.

A vida e o bem-estar desses bichinhos dependem de nós.

Caso você perceba algum movimento que coloque os animais em qualquer tipo de risco, procure as autoridades responsáveis.


A gente sempre tem coisas legais pra te contar!

  1. Descontos exclusivos para nossa lista de emails.
  2. Enviamos conteúdos informativos.
  3. Novidades sobre nossos produtos e promoções.
  4. Enviamos poucos emails.
  5. Você pode sair da lista a qualquer momento.
  6. Respeitamos sua privacidade: não rastreamos seu email.

Cadastrar

Banner App Arimo
Banner Pinterest Arimo
Banner Instagram Arimo

Utilizamos cookies para o funcionamento de nossa loja online. Também utilizamos cookies de terceiros para personalização de experiências de anúncios nas plataformas deles.